Do Secundário para o Superior

Written by | Clubs, Lifestyle, Nova Skill Association

Ouvimos sempre os nossos familiares a dizer-nos que a entrada no ensino superior será um dos momentos mais felizes da nossa vida, onde teremos oportunidade de conhecer todo o tipo de pessoas e de nos preparamos para aquele que será o nosso futuro. A verdade é que, de facto, durante esta fase da nossa vida conhecemos muitas pessoas e sítios novos, mas a faculdade não é de todo um mar de rosas. Por um lado, queremos ter boas notas, por outro não queremos só ter boas notas. É necessário fazer voluntariado, fazer parte de um clube e, ainda, ter vida social. Parece difícil conciliar tudo… Parece, porque de facto é. Contudo, se desenvolvermos algumas competências, estas servirão de bases fundamentais ao nosso êxito. Falamos da Gestão de Tempo, do Trabalho em Equipa e do Networking.

A Gestão de Tempo é a competência de que precisamos desde as primeiras semanas da Licenciatura até às últimas do Mestrado. Durante um semestre é comum que numa semana tenhas um teste de Cálculo I, um trabalho de grupo de Introdução à Empresa, um Problem Set de Macroeconomia e ainda um evento do clube a que pertences. Para que consigas fazer tudo é importante que saibas gerir bem o teu tempo.

O conselho mais básico, mas seguramente um dos mais importantes é registar tudo, seja os deadlines de trabalhos, ou datas de testes e de eventos na tua agenda. Semanalmente é importante que – em papel ou nas notas do telemóvel – registes todas as tarefas que terás de realizar nessa semana, de preferência organizando-as por prioridades, riscando as tarefas à medida que as realizas. Se pretenderes organizar o teu tempo de forma mais exigente, também existem inúmeras apps que podes descarregar e que te ajudam a planear os teus dias, no entanto tenta ser realista com as tuas tarefas, (se não vais sentir-te desmotivado porque não as realizaste todas).

Algumas apps que te podem ajudar são 1-3- 5 list  (funciona em computadores e android), onde podes fazer listas de tarefas, a 30/30 (apenas disponível na App Store), onde podes fazer uma lista de tarefas para cada dia e estabelecer o tempo que irás gastar para cada uma, e ainda a Week Plan, que te permite organizar a tua semana de uma forma muito mais minuciosa.

Por fim, a melhor forma para conseguires ser eficiente e não perderes (muito) tempo a procrastinar é tendo uma dieta saudável e dormindo pelo menos 7 horas por dia. Vais ver que se estiveres saudável, terás muito mais facilidade em completar todas as tuas tarefas. Outra competência essencial é o Trabalho em Equipa. Durante o secundário nós sabemos que os trabalhos de grupo dependem de tudo menos desta competência. Infelizmente o que acaba sempre por acontecer é que cada um faz uma parte do trabalho e nunca sabemos o que se passa no resto do mesmo. No entanto, agora que estás na faculdade convém começares a aprender como trabalhar em equipa, para que, no futuro, quando ingressares no mundo do trabalho, esse não seja um problema
para ti.

Numa primeira fase é importante que todos os elementos da equipa saibam qual é o objetivo final do trabalho. Ou seja, a equipa tem de ter uma missão definida que é aceite por todos e que todos pretendem alcançar. Para que seja possível definir este objetivo comum a todos, é necessário escolhê-lo. O importante é ceder em certas coisas, mas com isto não quer dizer que cada membro não possa defender a sua ideia e ter uma opinião própria; quer apenas dizer que as ideias de todos deverão no final transformar-se numa, com que todos os elementos concordam.

Após a missão estar definida é importante que cada elemento saiba quais são as suas responsabilidades. Apesar disto, não quer dizer que não saibas o que todos os outros membros estão a fazer. É necessário que haja sempre comunicação. Criar um grupo no Messenger para o projeto facilita a discussão de ideias e o aconselhamento entre elementos do grupo. Ainda podem optar por fazer um chamada via Skype ou combinarem um dia, para todos estarem a par do progresso do trabalho dos restantes.

Não existem ideias “parvas”. Todas as ideias devem ser aceites e exploradas. Pontos de vista diferentes são esperados e incentivados, tanto que, muitas vezes, quando num grupo existem ideias muito opostas, estas acabam por se transformar em ideias inovadoras, que tornam o trabalho bem mais entusiasmante. Na última fase do projeto é necessário conjugar o trabalho desenvolvido por todos, algo que deve ser feito presencialmente. Cada elemento da equipa pode apresentar ao resto do grupo aquilo que desenvolveu, para assim todos estarem a par do trabalho desenvolvido e poderem finalizar o trabalho tendo noção da melhor forma como o reunir.

Por último, nunca podes esquecer o Networking. À primeira vista, esta competência pode não parecer muito essencial a um bom desempenho no contexto académico. Contudo, os contactos que estabeleces durante a faculdade podem vir a valer muito no futuro. A realidade é que quanto mais cedo te destacares, melhor será a probabilidade de no futuro as empresas se lembrarem do teu nome.

Vamos imaginar que participas num evento da faculdade. No final há um cocktail e tens oportunidade de falar com um orador do evento. Para conseguires estabelecer um contacto da melhor  forma possível, deves seguir alguns passos:

– no dia anterior a evento, pesquisa um pouco sobre ele/a, por exemplo através do LinkedIn;
– quando falares com ele/a tenta abordar algum artigo que escreveu ou uma palestra que deu;
– experimenta falar sobre um feito que o orador tenha realizado;
– podes ainda falar sobre a empresa em que o orador está atualmente ou outras empresas em que trabalhou no passado.

Acima de tudo, tenta descobrir interesses em comum e mostrar que tens as características que a sua empresa procura. No dia após a conversa ou nos dias seguintes, segue o orador no LinkedIn. Estarás assim a lembrá-lo de quem tu és e, no caso de ele ficar interessado no teu currículo, será muito mais fácil entrar em contacto contigo.

A Gestão de Tempo, o Trabalho em equipa e o Networking serão de facto ferramentas básicas para o teu percurso universitário. Este percurso não será fácil, mas com esforço, determinação e conciliando estas e muitas outras competências, terás certamente sucesso, que servirá de livro de instruções para a tua carreira profissional.

 

 

 

Beatriz Tavira

Beatriz is the Vice-President of Nova Skills Association. She is currently in her 2nd year of the Management BSc.

Last modified: 23/10/2017